5 de outubro de 2007

A moral num anúncio a fogões de 1965

As revistas de culinária nem sempre surpreendem por anúncios de carácter duvidoso. Em 1965, a revista Banquete, dirigida por Maria Emília Cancella de Abreu (de quem voltarei a falar), trazia um anúncio que prometia o "melhor fogão nacional", um tal de "Presmalt". Desta vez, o slogan é sóbrio e até inspirador. Dizer que "Escolher Presmalt é proceder com acerto" traduz um verdadeiro juízo de carácter moral. Quem comprar Presmalt pode ir deitar-se de consciência tranquila, pode dormir o sono dos justos, porque procedeu com acerto. Eu não sei se ainda se fabricam os fogões Presmalt, mas gostava de saber porque compraria de certeza. Não há nada que pague a certeza absoluta de ter procedido com acerto, sobretudo porque isso é uma coisa que raramente me acontece. Não me lembro aliás de alguma vez ter pensado "Trincadeira maria, tu hoje procedeste com acerto". Não há qualquer comparação entre ter alguém a dizer-me "trincadeira, descansa que fizeste bem" e ouvir a solene e sólida convicção de ter procedido com acerto. Reparo que já repeti vezes demais o slogan da Presmalt, é só mais uma vez: "Proceder com acerto"...ai que descanso.

2 comentários:

Palomino disse...

"E chegados a Canarfute, onde Jezelias tinha encontrado Armiteu antes de se cruzar com Tratabundo que ia a caminho de Fadalote, os discípulos tomaram para seu um leitão que por lá andava e o trouxeram e o esquartejaram e o puseram a assar e o comeram. Quando o Mestre regressou, irou-se com a ousadia dos que tinham tomado o porco do Senhor e nem lhe tinham deixado um poucochinho. Mas os discípulos rogaram-lhe: "Mestre, vede vós... tínhamos fome...e era uma carninha tão tenra e uma pele tão estaladiça...e o molho, Senhor, o molho...e tudo graças ao fogão Presmalt". E o Mestre contentou-se e aplacou-se e a eles se dirigiu: "Pronto, pronto. Se escolhestes Presmalt, procedestes com acerto...trazei os alforges de vinho que roub...que encontrei na estalagem da estrada de Fungafute e festejemos o meu regresso". "Eia, Mestre!", responderam os discípulos. "Eia!".

trincadeira disse...

Eia eia! Que postada brilhante que vós fizesteis, amén.
Homem, (ou devo dizer profeta?) vós podíeis, se assim o quiserades, escrever uma bíblia inteira! Arre, que faz lembrar a jumentinha, mas muito melhor, lol