24 de dezembro de 2008

Ai o nosso rico menino, benzó deus!

Podia armar em snob e tal e diria "ridiculo" com uma pontinha mal-disfarçada de inveja.
Podia armar em intelectual e diria "e um livrinho, não?" enquanto escrevia um artigo de opinião cheio de considerações em que mais ninguem pensou.
Podia puxar ao neo-realismo e diria "ah, com tanta gente a passar fominha e eu que só posso dar meias"
Mas não, o facto de os ministros terem escolhido oferecer pelo Natal um "cheque-prenda" da Fashion Clinic ao Primeiro-Ministro de Portugal deu-me genuina vontade de rir! Mesmo, é genial! ai o nosso rico menino, que bonito que ele é