5 de dezembro de 2006

Pelo ar...


hoje o mundo estava todo levantado, rodopiava, abanava-se, tudo - folhas, papéis, pessoas incautas -, era levado como em total ausência de vontade e até o dia se descorou, em cinzas escuros.
Dentro do carro, fumei um cigarro subjugada por este dia que parecia tão tremendamente definitivo, encantada...até ter percebido que o meu alheamento perante o turbilhão exterior acabara por me deixar, e ao carro, completamente encharcados.

1 comentário:

Anónimo disse...

Mas tinhas a janela aberta? Ou o teu carro é um descapotável?! :)
E eu é que sou a distraída da companhia!!!